Política na Itália DERRUBA o Euro

Política na Itália DERRUBA o Euro

A rebelde coalizão política da Itália se prepara para uma semana decisiva que pode determinar se o governo entrará em colapso, levando a eleições no outono no hemisfério norte ou se sobreviverá até o fim do ano. A Liga Norte, de extrema-direita, e o Movimento Cinco Estrelas, antissistema, discutem há meses, mas as tensões cresceram recentemente, com cada um acusando o outro de traição e má fé.

O líder da Liga Norte, Matteo Salvini, alertou na semana passada que sairia do governo que dura 14 meses, a menos que o Movimento Cinco Estrelas retirasse sua oposição a projetos próximos ao partido, incluindo uma tentativa de dar mais autonomia à rica região norte, terra natal da Liga.

Com o Cinco Estrelas temendo que a planejada reforma corte financiamento ao sul, mais pobre, essa questão se tornou um ponto crítico. Os líderes da Liga negam que estejam favorecendo o norte e dizem que o Cinco Estrelas está usando a reforma para manchar a reputação deles.

No ano passado já foi bem tumultuada a aprovação do orçamento da Itália junto ao Parlamento Europeu. Agora, os crescentes movimentos “rebeldes” podem colocar em cheque, num horizonte de médio prazo, a continuidade do interesse de permanência dos italianos na zona do euro, em um momento que o bloco já luta no front do BREXIT, tentando costurar a melhor saída dos britânicos com menos impacto econômico possível. Já pensou se a moda pegar? Outros países podem querer a desfiliação também. A Itália pode estar se tornando um problema maior do que o esperado e o investidor precisa acompanhar de perto.  

Partindo-se para a Análise Gráfica dessa semana, separamos o par EURCHF (Euro X Franco-Suíço), que sofreu bastante nos últimos dias com o impasse, uma desvalorização de -3,93%. Podemos notar no gráfico diário com zoom afastado, como os preços se movimentaram lateralmente no último ano, tendo a região superior entre 1.1500 – 1.1450 como resistência e a região inferior entre 1.1185 – 1.1150 como suporte.

Porém, nas últimas semanas, tivemos o rompimento dessa zona de suporte, abrindo espaço para mais quedas até o próximo suporte em 1.1000. Se agora o mercado encontrar compradores, poderemos ter subidas até a região entre 1.1150 – 1.1185 e se superada, um possível rally de alta nos próximos meses para testar novamente a resistência lá em cima entre 1.1450 – 1.1500. Se caso os 1.1000 também forem rompidos, poderemos ter mais quedas até o nível inferior de suporte entre 1.0815 – 1.0725.

Pode ser importante o investidor em Euro acompanhar de perto o desenrolar dos fatos políticos da Itália ao longo dessa semana. Gostou dessa Análise? Siga o meu perfil no Instagram para mais DICAS sobre o Mercado Financeiro. Clique aqui ou procure por @rod_rebecchi

 

Grande abraço e boas operações!

Rodrigo Rebecchi

Demos

Color Skin

Header Style

Nav Mode

Layout

Wide
Boxed

Nav Mode