DÓLAR na Estratosfera! Análise 26/11/19

DÓLAR na Estratosfera! Análise 26/11/19

O rali de alta da moeda americana não para! Tivemos uma subida forte depois do par Dólar X Real (USDBRL) testar o suporte em aproximadamente R$ 3,95 e, no momento da Análise, podemos ter um evento único no Mercado: o rompimento da região de resistência entre R$ 4,1175 até R$ 4,21, inclusive com força para superar a máxima histórica em R$ 4,2425. Se confirmado, essa região que era resistência poderá funcionar como suporte num futuro próximo, em um eventual pullback.

Temos alguns fatores no cenário macroeconômico que podem ter influenciado este movimento. Um deles foi a Cessão Onerosa do Pré-Sal. Era esperado que tivéssemos uma procura maior das empresas estrangeiras em áreas de exploração de petróleo ao longo da costa carioca, mas não aconteceu. Se caso tivesse ocorrido, provavelmente teríamos uma enxurrada de dólares entrando no mercado nacional que poderia baratear o preço.

Outro ponto importante foi a declaração de Paulo Guedes nesta segunda. O Ministro da Economia disse que o “câmbio de equilíbrio” tende a ir para um lugar mais alto. O Banco Central do Brasil já apontava uma atuação para conter essa alta desenfreada anunciando uma venda de 785 milhões de dólares para essa terça.

Por fim, as palavras do presidente do Banco Central Americano (FED) também pesaram. Powell discursou ontem e disse que faz uma avaliação otimista da economia dos EUA no momento, praticamente descartando novos cortes dos juros no médio prazo.

Esse diferencial dos juros entre as moedas, Dólar e Real, com o Real “rentabilizando” mais em SWAPs num passado próximo também faz diferença a partir de agora. Antes, tínhamos uma taxa de juros mais elevada no Brasil, que poderia justificar o “prêmio” por se apostar no Real, uma moeda de um emergente contra o Dólar, já que rolagem do SWAP entre as moedas era mais interessante. Agora, com esse diferencial dos juros caindo, Selic a 5% ao ano com viés de novos cortes, esse “prêmio” pelo risco pode não despertar mais o interesse dos investidores, sendo mais um gatilho para uma busca por dólares.

Mesmo assim, para uma Análise mais completa, não podemos descartar uma quase impossível reviravolta no Mercado, a ponto dos vendedores retomarem o controle. Se caso isso ocorrer nessa região de máximas históricas, atenção para o suporte mais relevante no médio prazo em aproximadamente R$ 3,95.

 

Espero que você tenha gostado dessa Análise. Fica aqui o meu convite para Seguir meu Instagram @rodrigo.rebecchi e participar do meu Telegram, para acompanhar todas as minhas Análises. Basta clicar no link abaixo:

QUERO PARTICIPAR DO TELEGRAM

 

Grande abraço e bons trades!

Rodrigo Rebecchi

 

*Ativos negociados em conta margem possuem grau de risco para o seu capital. Quaisquer previsões não são um indicador fiável de performance futura e a decisão de atuar com base nas ideias e sugestões apresentadas são da responsabilidade do leitor. *Imagem ilustrativa: istockphoto

Demos

Color Skin

Header Style

Nav Mode

Layout

Wide
Boxed

Nav Mode