Crise na Turquia Despenca o EURUSD

Crise na Turquia Despenca o EURUSD

A Tensão tomou conta dos mercados europeus nos últimos dias e se espalhou por todo o globo com o agravamento da Crise na Turquia. Só neste ano a Lira perdeu 40% do seu valor frente ao Dólar e sua desvalorização de até 18% na sexta-feira praticamente colapsou os mercados, já que os investidores se preocuparam com a exposição de vários bancos ao país colocando em xeque um possível pagamento ou sua capacidade de solvência das dívidas.

Os fatos foram ainda mais agravados pelo aproveitamento da vulnerabilidade da Turquia pelos EUA que praticamente dobraram as tarifas referentes ao aço e ao alumínio importados do país nos últimos dias, sem mencionar a troca de farpas nas redes sociais, aonde Trump pedia que o pastor Andrew Brunson fosse solto após ter sido condenado à prisão. Ele estava detido deste a tentativa de golpe em 2016 acusado de participar do movimento. A Casa Branca afirmou que não irá negociar enquanto o mesmo não for solto.

Em retaliação, Erdogan disse que seu país é alvo de uma guerra econômica e fez apelos à população para que trocasse todas as suas moedas por Liras, para ajudar a combater a desvalorização. Também estimulou boicotes às compras de produtos americanos e afirmou que seu governo oferecerá incentivos adicionais a empresas que planejam investir na Turquia.

Um alento aos mercados neste começo de semana foi uma injeção de 6 bilhões de dólares do governo turco em seu sistema financeiro para gerar liquidez e o anúncio de uma teleconferência do ministro das Finanças da Turquia com investidores dos EUA, Europa e Oriente Médio na quinta-feira para dar um parecer sobre a situação.

Dado este cenário conturbado, não teve jeito, respingou e muito sobre o EURUSD que vinha nas últimas semanas sendo sustentado pelo suporte na região dos 1.1500, que dessa vez, não aguentou os acontecimentos.

Podemos notar no gráfico diário abaixo, como pode ter havido um efetivo rompimento dos 1.1500 e os preços seguem caminhando para baixo, rumo à próxima importante zona de suporte em 1.1300. Se caso o mercado continuar pessimista a ponto de passar direto por este nível, poderemos ter mais quedas até os 1.1100.

Se nos 1.1300 houver o interesse de uma força compradora, poderemos ter uma subida novamente até os 1.1500, que dessa vez poderão funcionar como resistência, despertando o interesse dos vendedores. Se for rompido, poderemos ter mais altas até os 1.1800. Para quem opera o par é bom ficar atento ao noticiário.

Grande abraço e bons trades!

Rodrigo Rebecchi

Para mais conteúdo sobre Trading, Forex, Educação Financeira, Geopolítica, Macroeconomia e Análises do Mercado, me siga nas Redes Sociais:

INSTAGRAM: https://goo.gl/udhn4f

YOUTUBE: https://goo.gl/3cdUkb

FACEBOOK: https://goo.gl/Q1Pt5g

LIVE de Forex (Seg às 20h): https://goo.gl/3ihycp

CONTATO: rodrigo_rebecchi@hotmail.com

Deixe uma resposta

Demos

Color Skin

Header Style

Nav Mode

Layout

Wide
Boxed

Nav Mode