Análise NZDUSD 12/11/19

Análise NZDUSD 12/11/19

A Nova Zelândia é um dos fortes parceiros comerciais da China no fornecimento de commodities, das quais destacamos o ouro, leite e seus derivados, madeira, petróleo, carnes, vinho, alumínio, produtos agrícolas e hortifrútis. Sendo assim, com o agravamento da Guerra Comercial entre EUA X CHINA nos últimos meses influenciando no crescimento e na queda da produção dos chineses, foi natural um menor consumo de matéria-prima afetando também as vendas desses produtos da Nova Zelândia e derrubando a sua moeda, o Dólar Neozelandês.

Porém, num cenário mais recente, existe a expectativa de que as 2 maiores economias do mundo possam chegar a um grande acordo, pondo fim a este impasse que afeta globalmente a economia. Trump disse neste final de semana que as negociações caminhavam bem. Apesar das conversas andarem de forma mais lenta do que ele esperava, destacou que a China estava mais interessada no acordo do que os americanos. Ele foi contundente em dizer que só faria o acordo sem fosse um “grande acordo”, de interesse mútuo e resolvendo a questão da balança comercial entre os países.

Ainda apimentando as declarações, Trump disse que a China queria muito fazer um acordo, pois tiveram o pior ano de crescimento nos últimos 57 e que a sua cadeia de suprimentos estava em frangalhos.

Dado esse contexto, podemos partir para a Análise Gráfica do par NZDUSD. Notamos como houve uma desvalorização do Dólar Neozelandês (NZD) de aproximadamente -8,60%, despencando de 0.6785 para 0.6200, até achar compradores e começar a desenvolver uma tendência de alta nas últimas semanas, como notamos pelos topos e fundos ascendentes no gráfico diário.

Porém, pode existir uma barreira de vendedores entre os níveis 0.6425 até 0.6485, que já funcionaram como suporte no passado e agora podem atuar como resistência. No pregão desta segunda tivemos um candle interessante podendo apontar a entrada de compradores em outro suporte, nos 0.6350 (quase engolfou). Se confirmado, pode ser o driver que o mercado espera para um novo impulso capaz de romper acima dos 0.6485. Se confirmado, poderemos ter o desenvolvimento de um rali até os 0.6785 nos próximos meses, principalmente se sair um acordo entre EUA e China.

O QUE PODE ATRAPALHAR: nesta terça, às 22h de Brasília, teremos a Decisão da Taxa de Juros da Nova Zelândia. Espera-se mais um corte de -0,25%, caindo de 1% ao ano para apenas 0,75%. Lembrando que até março deste ano os juros no país estavam em 1,75% ao ano. Foi um movimento natural do Banco Central local para rebater os efeitos da Guerra Comercial, onde houve uma desaceleração. Derrubando-se os juros, cria-se mais crédito numa tentativa de impulsionar a economia.

Se tivermos mais um corte nos juros, isso poderá trazer um viés pessimista de momento ao NZD, podendo derrubar a sua cotação. Fica o meu alerta para um possível teste novamente da mínima dos últimos anos em 0.6200 projetando este cenário.

Gostou dessa Análise? Siga o meu Perfil no Instagram @rodrigo.rebecchi para mais conteúdo sobre Forex!

 

Grande abraço e bons trades!

Rodrigo Rebecchi

 

*Ativos negociados em conta margem possuem grau de risco para o seu capital. Quaisquer previsões não são um indicador fiável de performance futura e a decisão de atuar com base nas ideias e sugestões apresentadas são da responsabilidade do leitor. *Imagem ilustrativa: istockphoto

Demos

Color Skin

Header Style

Nav Mode

Layout

Wide
Boxed

Nav Mode